Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2013

VAMPIROS DE ENERGIA


VAMPIROS DE ENERGIA - Drenam o seu espírito e alma

Vampiros de energia drenam a energia positiva em muitos aspectos, tais como:

- Intrometem-se na em sua vida, ignorando fronteiras e privacidade.


- Vampiros de energia são freqüentemente chamados de "drama queens" porque eles podem transformar uma unha quebrada em uma tragédia shakespeariana.

- Queixam-se constantemente dos seus parceiros, trabalho, filho, má sorte, doenças. Vampiros de energia gostam de desabafar.

- Criticam tudo e todos, não são positivos.

- Não aceitam "não" como resposta, só consideram as suas necessidades.

- São inexoravelmente negativos. Sua energia negativa é implacável, drenam a sua energia positiva, encorajando-o a ser negativo também.

- Culpam os outros pelos seus problemas, não assumem responsabilidades.


OS VAMPIROS DE ENERGIA PRECISAM DE SUA ENERGIA POSITIVA

Sabe-se que se passou um tempo com um vampiro de energia quando saimos de ao pé de alguem e deprimidos, exaustos, ou tristes.

Há vampiros de energia de todas as formas e tamanhos: barulhentos e agressivos, de fala mansa e tímida, charmosos e sedutores, agressivos e arrogantes. Muitas vezes os vampiros de energia nem sequer percebem que estão a drenar a sua energia. Poderão ter sofrido algum trauma ou tido alguma crise, seja na infância ou na idade adulta, e estão a tentar compensar a falta de energia que tem.

Vampiros de energia não são deliberadamente maliciosos ao roubar a sua energia positiva, mas eles definitivamente não estão a contribuindo para o seu bem.


MANEIRAS DE SE PROTEGER DE VAMPIROS DE ENERGIA

- Limite a quantidade de tempo que gasta com os vampiros de energia. Quanto menos tempo estiver junto, menos energia positiva vai perder.

- Aprenda maneiras eficazes para acabar com as conversas (por exemplo, eu só tenho dez minutos para falar. ")

- Mantenha-se calmo e indiferente a eles. Não deixe que a sua energia negativa o consuma.

- Abstenha-se de tentar resgatá-los ou corrigir-los dos problemas.
- Limite o contato visual com eles.

- Evite estar em espaços estreitos (elevadores, carros, etc.). A energia negativa é contagiosa.

- Defina e guarde o seu espaço pessoal

***

Retirei do Facebook - Espiritualidade Elevada
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 20:36

link do post | comentar | favorito
|

INTUIÇÃO

 


O homem tem capacidades intuitivas extraordinárias. Consegue intuir a hora das coisas, mesmo ainda antes do gelo estalar sob os seus pés. Mesmo antes de algo acontecer, o ser humano é capaz de intuir que chegou a hora. E é assim há milhares de anos.

Mas o homem julga. O homem escolhe acreditar que não é capaz, e mesmo que seja capaz, que a intuição não é boa coisa. Por isso tapa. Por isso bloqueia. O homem bloqueia a sua capacidade mais magnânima. A sua capacidade de andar antes do tempo e de cuidar para que tudo possa acontecer como tem de acontecer, pelo simples facto de ele ter intuído.


O homem tem a tendência para bloquear não só essa, mas quase todas as suas capacidades. «Eu não sou capaz.» «Eu não mereço.» «Isto é bom demais para mim.» São frases que, ditas milhares de vezes, arriscam-se a tornar-se realidade.

Acredita na tua intuição. Ela é poderosa e transmutadora. Podes não acreditar em mais nada, mas acredita na tua intuição. Ela pode não mudar o mundo, mas com certeza mudará o teu mundo. E isso já é mais do que suficiente.


JESUS - O LIVRO DA LUZ – Pergunte, O Céu Responde
de Alexandra Solnado

Retirei do Facebook - Espiritualidade Elevada
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 20:25

link do post | comentar | favorito
|

Amor...

"Amor é o reconhecimento de que, “eu” e o “outro”, mesmo estando separados na forma, somos originalmente um em espírito e na essência. Quando dizemos amor à humanidade, estamos nos referindo a um amor de maior amplitude, que é a consciência de que todos os seres humanos, embora separados na forma, mantêm a unidade intrínseca pelo fato de compartilharem a Vida de Deus, pois suas Vidas se originam de um único Deus. O amor ainda mais amplo é o amor aos seres viventes, ou seja, a todos os seres vivos, reconhecendo que, como criaturas de Deus, todos eles trazem dentro de si a Vida de Deus."
Masaharu Taniguchi
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 18:50

link do post | comentar | favorito
|

Morre lentamente...

sinto-me:
publicado por momentoskatia às 18:29

link do post | comentar | favorito
|

AFASTE-SE DE PESSOAS QUE LHE FAZEM SENTIR-SE MAL

AFASTE-SE DE PESSOAS QUE LHE FAZEM SENTIR-SE MAL

De fato estamos cercados de pessoas tóxicas.
Pessoas que são egocêntricas, manipuladoras, interesseiras, arrogantes, rancorosas, amarguradas, mal amadas, invejosas ou fracassadas, que não conseguem ver o sucesso ou a felicidade alheia. Enfim, pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver.

Essas pessoas tóxicas acabam, de alguma forma, nos envenenando. Direta ou indiretamente, acabamos agindo por influência delas, seja com atitudes ou omissões. Muitas vezes acabamos agindo por impulso para evitar essas pessoas, ou, na pior das hipóteses, acabamos agindo da mesma forma. São pessoas nocivas, intoxicando nosso comportamento e nos levando a agir e a tomar decisões que, em outras circunstâncias poderiam ser completamente diferentes.

São "tóxicas", porque conseguem despertar o que há de pior dentro de nós, não apenas no sentido de maldade ou crueldade, mas no sentido de perdermos a identidade, a autonomia, a energia, a iniciativa e o poder de decisão. Ficamos estagnados, hipnotizados, paralizados. São verdadeiros vampiros, sem Luz própria, que consomem nossa energia vital, que exploram e manipulam pessoas de acordo com os seus interesses e vivem às custas da energia dos outros para se sustentarem.

Tóxicas são aquelas pessoas que sabem tudo a respeito da vida das outras pessoas, mas não conseguem administrar a própria vida. Sabem dar conselhos como ninguém (há até terapeutas nessa categoria!) tem um discurso lindíssimo para o mundo lá fora, mas que, na vida pessoal, nos bastidores, na vida íntima, são pessoas frustradas, isoladas, verdadeiras ilhas no meio da sociedade, que não tomam para si os próprios conselhos.

Sabem olhar de fora, apontar defeitos, problemas, erros. Mas não sabem participar, não conseguem enxergar os próprios problemas ou defeitos. Apontam os erros alheios para, de certa forma, esconder os seus próprios. São os "sabe-tudo" e só a sua forma de pensar é que está certa. Não suportam ser contrariados e confrontados. Quando o são, perseguem a pessoa até "livrarem-se" dela ou então se vingam. Seu Ego é Superlativo para compensar a sua extrema falta de Amor-Próprio. Usam as pessoas conforme seus interesses e, quando estas discordam de suas idéias, são descartadas e eliminadas, sem a menor consideração.

A "toxicidade" reside exatamente no fato de não nos darmos conta de que estamos sendo manipulados ou influenciados. Ficamos hipnotizados, fascinados, imersos numa imensa ilusão, até o dia em que despertamos e tomamos consciência de que estamos muito mal, morrendo por dentro, e que algo urgente necessita ser feito. Um corte para a nossa libertação, para resgatar a nossa sanidade, saúde, alegria de viver.

Em nossa busca pela felicidade, por tudo aquilo que nos traz bem-estar e alegria, o grande segredo é não se deixar influenciar, se afastar e evitar a convivência com esses tipos. Isso não significa alimentar sentimentos negativos dentro de si com relação a eles, mas de preferência visualizá-los felizes e agradecidos em sua vida, emanando energias e vibrações positivas.

Reflita, você convive intimamente com alguma pessoa tóxica, seja na família, no trabalho, ou nas "amizades"?

Tenha cuidado, afaste-se, fique longe o quanto antes dessas pessoas...

Cuide-se, preserve-se, seja você mesmo, seja pleno e feliz..
E acima de tudo SEMPRE perdoe essas pessoas,
muitas vezes, elas não tem consciência de seus proprios malefícios.


Namastê!

Retirei do Facebook - Espiritualidade Elevada
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 17:37

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 10 de Fevereiro de 2013

Relatos da Primeira Depilação! - kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

"Tenta sim. Vai ficar lindo..."

Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve. Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos m...e avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.

- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?

Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.

- Cavada mesmo.
- Amanhã, às... Deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.

Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de "Calígula" com "O albergue".

Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.

Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo.
De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.

- Quer bem cavada?
- .é... é, isso.
Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma esp átula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).

- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.
- Arreganhada, né?
Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha Virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar.
Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural.
Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.
- Tudo ótimo. E você?

Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes. O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinhas.
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios ? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha, tá ficando linda essa depilação.
- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto.
Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo.
"Me leva daqui, Deus, me teletransporta". Só voltei à terra
quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.
Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.
- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la.
Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:
- Tudo bem, Pê?
- Sim... sonhei de novo com o cu de uma cliente.
Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.
- Vira agora do outro lado.
Porra.. por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope, empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.
- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Tá, passa essa merda...
- Baixa a calcinha, por favor.

Foram dois segundos de choque extremo: "Baixe a calcinha".... como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao cu. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.

- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.
Namorar...namorar?!... eu estava com
sede de vingança.
Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada.
Mas eu ainda estou na luta...
Fica a minha singela homenagem para nós mulheres! 

TEXTO DE VALERIA SEMERARO

Retirei do Facebook - Eita Vida
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 11:56

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

DICA: bicarbonato de sódio e algumas de suas utilidades.

Desodorize sapatos: Mantenha seus sapatos livres de odores colocando bicarbonato de sódio sobre eles quando não estão em uso. Remover antes de usar. Também pode fazer sachês com bicarbonato e colocar no interior dos sapatos.

1. Remoção de odores de geladeira e freezer
2. Limpeza da cafeteira de aço inox
3. Limpeza da garrafa térmica
4. Sujeira ou manchas no aço
5. Para cinza de cigarro no cinzeiro
6. Limpeza de carpetes
7. Para evitar manchas amareladas em lycra branca
8. Para desentupir o cano da pia
9. Para tirar acidez do molho de tomate

Como usar: 
http://lacos.wordpress.com/2008/01/17/bicarbonato-de-sodio-e-suas-mil-e-uma-utilidades/

http://donasdecasaanonimas.com/15-dicas-para-eliminar-odores-com-bicarbonato-de-sodio/

Retirei do Facebook - Bazar Artesanato
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 16:47

link do post | comentar | favorito
|

Rir é o melhor remédio!!!!


Rir é o melhor remédio... E a maioria não faz ideia da veracidade deste ditado. O sorriso pode impulsionar o seu humor e até mesmo o seu sistema imunológico. Continue lendo para mais fatos fascinantes sobre os nossos sorrisos.

1. Forçar o sorriso eleva o seu humor: Psicólogos descobriram que mesmo se você estiver de mau humor, você pode imediatamente levantar o seu espírito, obrigando-se a sorrir.

2. Uma bela gargalhada estimula o sistema imunológico: Sorrir pode realmente melhorar sua saúde física. Seu corpo fica mais relaxado quando você sorri, o que contribui para uma boa saúde e um sistema imunológico mais forte.

3. Sorrir é Contagiante: Não é apenas uma frase, o sorriso realmente é contagioso, é o que afirmam os cientistas. Em um estudo realizado na Suécia.

4. Um simples sorriso ajuda a aliviar o Stress: Seu corpo libera endorfinas imediatamente quando você sorri, mesmo quando você forçá-lo. Essa mudança repentina de humor irá ajudá-lo se sentir melhor e libertar-se do stress.

5. É mais fácil sorrir do que para franzir a testa: Os cientistas descobriram que o corpo tem de trabalhar mais e utilizar mais músculos para franzir a testa do que para sorrir.

6. É um sinal universal de felicidade: Enquanto o cumprimento e outros gestos são diferentes em diversos países e tem diversos significados em diferentes culturas. O sorriso é conhecido em todo o mundo e em todas as culturas como um sinal de felicidade e aceitação.

7. Em um sorriso exercitamos de 5 a 53 músculos faciais: Uma bela gargalhada pode exigir do seu corpo usar até 53 músculos.

8. Os bebês nascem com a capacidade de sorrir: Os bebês aprendem uma série de comportamentos e sons observando as pessoas ao seu redor, mas os cientistas acreditam que todos os bebês já nascem com a capacidade de sorrir.

9. Sorrir ajuda você a ser promovido: Os Sorrisos fazem uma pessoa parecer mais simpática, atraente, sociável e confiante, e as pessoas que sorriem mais têm mais probabilidade de conseguir uma promoção.

10. O Sorriso é a expressão facial mais facilmente reconhecida: As pessoas podem reconhecer sorrisos de até 300 metros de distância.

11. As mulheres sorriem mais que os homens: Geralmente, as mulheres sorriem mais que os homens, mas quando eles participam de trabalhos que envolvem socialização ou campanhas sociais, eles sorriem igualmente. Esta descoberta leva os cientistas a acreditar que os papéis de gênero são bastante flexíveis. Os bebês, no entanto, sorriem menos as meninas, mas por outro lado, elas olham mais nos olhos.

12. Existem 19 tipos diferentes de sorrisos: Em uma pesquisa feita na universidade de San Francisco, os pesquisadores identificaram 19 tipos de sorrisos e colocaram em dois grupos: O sorriso educado “social”, que envolvem músculos menores, e o sorriso sincero “Emocional”, sorrisos que usam mais os músculos de ambos os lados da face.

13. Os bebês começam a sorrir logo que nascem: A maioria dos médicos acreditam que os bebês começam a sorrir já nas primeiras semanas de vida.

http://www.mundocurioso.blog.br/2010/08/13-fatos-fascinantes-sobre-o-sorriso.html

Retirei do Facebook - Bazar Artesanato
sinto-me:
publicado por momentoskatia às 16:44

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013

Calendário da Organização: 38 dicas para arrumar a casa em 7 dias

 

Organizar espaços pequenos é um desafio. Mas você pode, em uma única semana, deixar em ordem salas, home offices, banheiros, quartos, armários e cozinhas. Ensinamos como!

 

Alguma vez você comprou um objeto e, depois de um tempo, descobriu que já o tinha em casa? Acontece direto com os clientes da organizadora profissional Ana Ziccardi, de São Paulo. Ela já desenterrou da bagunça livros, sapatos, objetos de cozinha e até roupas com etiqueta – tudo em duplicidade. Se sua casa está assim, pare de perder dinheiro, tempo e o prazer de ter as coisas à mão. Livre-se dos objetos que você não necessita e deixe aqueles que você precisa em locais acessíveis. Com a ajuda de cinco consultoras de organização, montamos um calendário com dicas para fazer isso em apenas sete dias.


Dia 1 e 2: Organize a sala

Sala

Dicas deAna Ziccardi, organizadora pessoal parceira da empresa OZ! Organize sua vida.

1- Recolha todos os itens que não pertencem ao ambiente, como roupas, livros, papéis e DVDs. Coloque tudo em cestos plásticos, um para cada morador da casa e devolva-os para seus donos.

2- Jogue fora os jornais e revistas antigos que não cabem no revisteiro. Se quiser guardar páginas específicas, escaneie ou consulte as edições online. Caso colecione revistas, guarde-as em porta-revistas decorativos.

3- Crie um local perto da porta de entrada para deixar chaves, celulares, carteiras e correspondência. Pode ser uma bandeja ou tigela que combine com decoração. Ganchos são uma solução, mas não tão interessante: você precisará furar paredes.

4- “Fotos demais poluem o ambiente”, diz a organizadora pessoal Anna Ziccardi. Por isso, concentre os porta-retratos em uma mesa lateral ou use o porta-retrato digital. Outra opção: deixe sobre a mesa de centro um álbum ou fotolivro com as fotos favoritas.

5- Guarde CDs e DVDs em organizadores ou caixas decorativas. Se quiser mantê-los nas caixas originais, limpe a cada 15 dias, para evitar mofo e poeira.

6- Copos e pratos que não cabem na cozinha vão para um móvel próprio, como cristaleira ou buffet. Aproveite os copos que sobram para montar um pequeno bar. Para isso, coloque garrafas de vidro, copos em uma bandeja sobre o aparador.

7- Organize os quadros de parede. O centro do quadro deve estar a 1,6 m do piso. Quadros acima dos móveis devem estar distribuídos de forma simétrica a partir do centro do móvel. Coloque-os 25 cm acima do encosto do sofá e a 20 cm do aparador. Antes de furar as paredes teste se vocês gostará da nova disposição dos quadros. Para isso, corte folhas de papel craft com as dimensões do quadro, cole-as nos locais desejados, afaste-se e veja se tudo está do seu gosto.

8- Aprenda novos hábitos. Sempre que comer na sala, leve os pratos e copos para a cozinha; descarte jornais antigos; guarde bolsas e casacos assim que chegar da rua. E não deixe chaves e carteiras espalhadas.


Dia 3: Organize papéis e a mesa do computador

Home Office

DicasdeAna Ziccardi, organizadora profissional parceira da empresa OZ! Organize sua vida e Rafaela Oliveira, organizadora profissinal autora do blog Organize sem Frescuras.

9- A mesa do computador deve ter o mínimo possível de objetos. Deixe lá um porta-lápis, uma pasta, fichário ou caixa de entrada e saída para os papéis e uma agenda.

10- Reduza a quantidade de papéis. Quando receber novos papéis, jogue fora o que for desnecessário, como seus envelopes ou cartas promocionais.

11- Guarde apenas os papéis que vai guardar no trabalho e os indispensáveis, como comprovante de pagamentos de contas (até chegar o comprovante de quitação anual), documentos pessoais, da casa e do carro.

12- Coloque-os papéis do trabalho em caixas de entrada e saída, gavetas ou fichários. Separe-os de acordo com a função de cada um. Escaneie os outros papéis cujas informações você quer guardar. Desenhos das crianças e cartas de amigos podem virar quadros nas paredes.


Dia 4: Livre o quarto (cheio de bagunça crônica)

Quarto

Dicas de Rafaela Oliveira, organizadora profissional autora do blog Organize sem Frescuras.

13- Primeiro, jogue fora revistas e jornais velhos, papéis sem uso, e o lixo espalhado.

14- Diminua o número de objetos no criado-mudo. “Um livro, luminária e um enfeite estão de bom tamanho”, diz Rafaela.

15- Ordene os livros por tamanho ou pela cor das lombadas. Limpe-os com pano seco uma vez por semana – se você sofre de alergia, esse número aumenta.

16- Doe os brinquedos sem uso e jogue fora os quebrados. Guarde os brinquedos restantes em caixas diferentes, de acordo com seu tipo. Coloque etiquetas nas caixas para que as crianças saibam onde guardar os brinquedos. Se elas não souberem ler, desenhe o tipo de brinquedo na caixa.

17- Aproveite a semana da organização para começar novos hábitos! A cada manhã, tire do quarto objetos que não pertencem ao espaço, como canecas, pratos, livros da sala.

18- Também arrume a cama. “Já é mais de meio caminho andado”, diz Rafaela. Se você não acha difícil por a cama em ordem, facilite: use apenas dois edredons para cobri-la. Quando acordar, bastará esticar os edredons.

19- E antes de dormir, pendure ou guarde as roupas que vai usar novamente – vale à pena instalar ganchos e cabideiros no quarto se você não tiver. As peças sujas devem ir para um cesto ou saco de lavanderia.


Dia 5: Organize roupas e sapatos no armário ou closet

Armário

Dicas deLuiza Altman – Arquiteta e Consultora da loja online PortCasa

20- Primeiro, retire as roupas e sapatos do armário para tomar um ar. Separe para doação as roupas que não usa há mais de seis meses. Jogue fora as com defeito.

21- Separe as roupas de calor das de frio e as de trabalho das de passeio ou de ficar em casa. Dobre malhas, roupas de ginástica e camisetas. Elas podem ir empilhadas (em pilhas baixas) nas gavetas e prateleiras. Camisas, vestidos, casacos e ternos ficam em cabides - providencie modelos iguais feitos de plástico ou madeira, que são mais resistentes.

22- Posicione as roupas da estação onde for mais fácil pegá-las. No inverno, guarde os casacos pesados em cabides. No verão, guarde-os junto com malhas nos maleiros. Nessa épocam, guarde-os em sacos a vácuo. Essas embalagens têm uma entrada para a mangueira do aspirador de pó, o que permite retirar o ar das roupas, deixando-as menores.

23- Além de separar por estação, organize as roupas segundo uma lógica que você preferir: frequência de uso, tamanho ou cor.

24- Nas prateleiras, faça pilhas com poucas peças – assim elas amassam menos e ficam mais fáceis de retirar. Ana usa as seguintes quantidades máximas por pilha: doze blusas, quatro malhas, dez camisetas.

25- Dobre as roupas de cama e organize-as em conjuntos, colocando as fronhas por dentro do lençol. Enrole as toalhas em rolos apertados. Guarde-as em prateleiras ou gavetas.

26- Organize os calçados de forma que você possa ver todos de uma vez – vale usar uma prateleira deslizante, daquelas que funcionam como gavetas. Sapateiras de porta, de tecido ou arame, são uma alternativa mais barata. Adquira o hábito de deixar o suor secar nos sapatos antes de guardá-los.

27- Não deixe os calçados amassarem. Assim, evite empilhá-los. Se for inevitável, coloque as sandálias sobre os sapatos. Guarde botas com um enchimento dentro – caso tenham cano alto, coloque lá dentro garrafas PET com um pesinho. Outra opção é guardá-las presas a um cabide com presilhas ou pregadores.


Dia 6: Enfrente o caos da cozinha

Cozinha

Dicas de Juliana Faria, arquiteta e organizadora pessoal da Yru Organizer

28- Prepare o terreno! Primeiro, lave a louça e depois limpe o fogão, bancada e armários. Deixe na bancada apenas objetos de uso diário – como cafeteira e espremedor de frutas, se fizer suco todo dia.

29- Organize os armários. Empilhe pratos em um armário de fácil acesso. Para eles não trincarem, a pilha deve ter no máximo 16. Faça pilhas diferentes para pratos rasos e fundos. Empilhe também as tigelas – no máximo três por vez. Copos ficam de cabeça para baixo dentro do armário. Prenda as canecas pela asa em ganchos fixados acima das prateleiras ou na parte debaixo do armário.

30- Coloque talheres em gavetas com divisórias internas e separe os garfos das facas e colheres. Outra solução é colocá-los de pé em potes de vidro, também separados. Se você tem criança em casa, use acessórios que tranquem as gavetas onde há vidros e talheres.

31- Arrume os recipientes grandes. Instale no armário divisórias verticais e guarde lá frigideiras, formas, travessas e bandejas – assim, fica mais fácil retirá-las. Empilhe as panelas e enfileire suas tampas em uma caixa plástica, da maior para a menor.

32- O material de limpeza deve ir para um cesto plástico sem tampa. Só traga o cesto para cima da bancada quando precisar usar.


Dia 7: Ponha cada coisa em seu lugar no banheiro

Banheiros

Dicas de Rafaela Oliveira, organizadora profissional autora do blog Organize sem Frescurase Cristiane Joffily, organizadora profissional e autora do blog Simplesmente organizar.

33- Primeiro, tire todos os produtos dos armários, prateleiras e bancadas. Descarte embalagens vazias, produtos abertos há mais de seis meses, fora da validade ou que não usa.

34- Separe os produtos de uso diário, como pasta de dentes, escova, desodorante de protetor solar. Guarde-os em uma bandeja sobre a bancada, para tornar a limpeza mais fácil. Deixe as escovas em um recipiente tampado, ou com protetores plásticos.

35- Só deixe no box os produtos usados durante o banho. Troque as esponjas do box a cada dois meses, evitando fungos e bactérias.

36- Divida os produtos que sobraram em categorias – por exemplo, produtos para unhas, cabelos, corpo ou dentes. Coloque-os em divisores de gavetas com rótulos ou caixinhas de plástico ou papelão. Mantenha um estoque de materiais de higiene no banheiro. Se tiver pouco espaço, deixe pelo menos um de reserva, para não ficar na mão na hora que mais precisa. Separe-os em caixas plásticas, fáceis de lavar.

37- Escovas, pentes e secadores de cabelo podem ir para gavetas. Se o banheiro não tiver espaço, guarde em caixas de plástico transparente abaixo da pia. Outra opção é guardá-los em gaveteiros com rodinhas. Também vale pendurar o secador em ganchos instalados no azulejo ou na porta do armário.

38- Toalhas podem ficar em toalheiros atrás da porta, se faltar espaço no banheiro. Mas se o banheiro tiver espaços sobrando, guarde ali rolos de papel higiênico e material de limpeza que não couberem na lavanderia.

 

Fonte: http://casa.abril.com.br/materia/calendario-da-organizacao-arrume-a-casa-em-7-dias 

sinto-me:
publicado por momentoskatia às 18:59

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Serás mãe...

. Conversa entre vô e neto....

. Sobre a morte e o morrer ...

. A mãe do pai

. Essência...

. 12 dicas de um médico jap...

. Cuidado com nossos filhos...

. Aviso importante!!

. Pense bem...

. Apenas faça...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds