Segunda-feira, 29 de Agosto de 2016

Gratidão

gratidão.png

Me sinto grata pela minha casa, pois ainda que seja pequena, é nela que tenho tido o meu merecido e bom sono, os banhos quentes nos dias de frio e os alimentos nos momentos de saciar a fome. Moro nela há algum tempo e ainda que me vá, sempre me lembrarei dos dias em que pude viver aqui.

Me sinto grata pela vida do meu filho, que ainda em sua juventude, tem sido meu desde seu primeiro dia. Cheio de qualidades, há de percorrer seu próprio caminho para aprender as mesmas coisas que aprendi. E quando chegar aqui, no momento em que estou, iremos nos encontrar como grandes amigos, cheios de história para contar, nas afinidades dos caminhos percorridos.

Me sinto grata pelo meu trabalho, onde convivo com tantas pessoas e aprendo todos os dias. A arte da profissão e a arte da vida. O viver o dia-a-dia sob pressão e com as diferenças, exercitando a tolerância de aceitar o outro e todo tipo de situação. Me sinto grata pela resiliência adquirida. Me sinto grata por tudo que recebo por isto.

Me sinto grata pelos amigos, que mesmo distantes, nunca se esquecem de mim.

Me sinto grata pelos colegas, que quando preciso, sempre se prontificam a me ajudar.

Me sinto grata pelas pessoas difíceis em minha vida e por finalmente eu possuir gratidão por isso. Me sinto grata por entender o quanto elas me ensinam e o quanto elas também estão aprendendo. Cada um no seu caminho de evolução.

Me sinto grata até mesmo pelos que me machucam, pois são eles hoje a me ferir e não o contrário. E me sinto grata por não julgar os que menosprezam a minha dor.

Me sinto grata pela minha família, por eu ter pessoas a quem posso chamar de meus. Me sinto grata por tudo que a mim fizeram, pois com tudo cresci. E me sinto grata por todos estarem aqui, disponíveis em caso de qualquer pedido de socorro.

Me sinto grata por minha saúde, que mesmo com alguns cansaços e excessos, continua aqui.

Me sinto grata pela vida, que mesmo com tantas dores e tropeços, ainda me proporciona momentos de prazer, amor e gratidão.

Me sinto grata pelo ar que eu respiro, pela luz que me cega e pelo frio que incomoda. Me sinto grata por vezes queimar a língua e ouvir as buzinas num dia de congestionamento. Me sinto grata pelo bom funcionamento dos meus sentidos.

Me sinto grata por às vezes me sentir só, pois isso me mostra a capacidade de querer amar, mesmo após alguns fracassos.

Me sinto grata por tantas vezes me sentir confusa, triste ou irritada. Todos esses sentimentos me provocam reflexões e me tiram de onde eu estou, sempre me levando a um lugar melhor.

Me sinto grata pela minha capacidade de escrever desde criança e pelo inestimável prazer que isto me proporciona. Me sinto grata pelos meus livros. E por toda inspiração.

Me sinto grata por finalmente me sentir assim e perceber o poder da gratidão, que me traz sempre mais daquilo que eu preciso e desejo.

Me sinto grata pela capacidade de sorrir, mesmo quando algo dói dentro de mim.

Me sinto grata por perceber o milagre da vida, que um dia leva e outro dia traz. Num dia me deixa confusa e no outro me surpreende.

Me sinto grata por querer mais e continuar a sonhar. Me sinto grata por continuar a caminhada, mesmo sem a certeza de onde vai dar.

Me sinto grata por quem eu sou hoje.

E me sinto grata por simplesmente me sentir assim!


Fonte: http://www.contioutra.com/gratidao/#ixzz4IjEEuxiM

publicado por momentoskatia às 14:40

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Agosto de 2016

Como pedir o que queremos de um jeito que funcione:

pedir.jpg

Mesmo quando não temos intenção de fazê-lo, pedimos coisas ao Universo. Podemos inclusive pedir acidentalmente algo que jamais ousaríamos pedir deliberadamente.

É difícil aceitar que quando o destino nos prega uma peça nós o tenhamos pedido ao Universo, intencionalmente ou não. Não há palavras mais verdadeiras do que as do velho ditado “tenha cuidado com o que pede porque você pode conseguir!˜

Contudo, esta moeda tem o seu lado positivo: se somos responsáveis por viver as experiências e relacionamentos que pedirmos, isso significa que estamos no assento do motorista. Tudo o que precisamos fazer é nos expressar – comunicar o que desejamos – para criar a vida que queremos viver. Caramba! Tudo é possível. 

  • Se você pedir de um modo claro, o Universo começará imediatamente a se mexer para responder ao seu apelo, esteja você consciente disso ou não.
  • Preste atenção a como você se comunica consigo mesmo, com outras pessoas e com o Universo por meio de seus pensamentos, palavras, atos e emoções. Perceba como esses fatores criam e contribuem para a situação em que você se encontra agora.
  • Peça o que quer de um modo tranquilo e distanciado. Faça seu pedido, saia do caminho e deixe vir a resposta. Resista à tentação de insistir e impacientar-se: você já mandou sua mensagem, agora deixe fluir. Por acaso a carta que você manda pelo correio tem um barbante para segurar enquanto ela segue seu caminho? Se tivesse, ela nunca chegaria a seu destino? Se você ficar segurando as coisas que pede, seus apelos não serão respondidos pela simples razão de que nunca “chegaram lá”
  • Aprenda a reconhecer quando seu pedido está sendo respondido, mesmo que de maneira sutil. Às vezes o Universo se comunica enviando uma pequena amostra do que você pediu, como que dizendo: “É isto o que você queria?” Se você demonstrar seu apreço pelo mínimo sinal de que seu pedido está sendo atendido, o Universo será mais claro a respeito do que você demonstrar seu apreço pelo mínimo sinal de que seu pedido está sendo atendido, o Universo será mais claro a respeito do que você quer e lhe dará mais. Lembre-se de que tudo na vida é um degrau para chegar a outro lugar: não há uma linha de chegada, apenas novos portais para cruzar e territórios para explorar.
  • Às vezes o Universo ouve nosso apelo e responde enviando algo diferente daquilo que acreditamos ter pedido. Isto ocorre porque, mesmo tendo comunicado algo específico por meio de palavras, nosso eu superior comunica ao mesmo tempo nossas verdadeiras necessidades e valores num nível mais profundo. O Universo responde a essas nossas necessidades mais profundas, o que geralmente nos é muito mais benéfico do que aquilo que desejávamos. Por exemplo, quando pedimos um carro esporte e pouco depois encontramos um novo amor maravilhoso. É evidente que pedir um carro espetacular era apenas uma forma limitada de aumentar nossas chances de atrair um novo amor. Felizmente neste caso, o Universo ouviu nosso verdadeiro pedido – trazer-nos alguém interessante – e sabia que o carro era desnecessário. Quando fizer um pedido ao Universo, pense nos valores e necessidades subjacentes que deseja satisfazer e deixe que ele responda da forma que considere a mais benéfica para você. Perceba que os valores mais elevados, baseados em atos de amor e generosidade, costumam se manifestar com mais facilidade. Você não se decepcionará.
  • Diga as coisas positivamente. Evite usar “não”, “não posso”, “não sei”, como em “O que não quero é ter uma velhice solitária”; “não consigo imaginar que ainda vou encontrar uma verdadeiro amor”; “Não vai ser fácil arranjar um trabalho que valha a pena”. O problema aqui é que o Universo o ouvirá se fará o possível para provar que você tem razão, ou seja, o mais provável é você ter uma velhice solitária, não encontrar seu verdadeiro amor e jamais conseguir um emprego que valha a pena.
  • Abandone suas crenças limitantes. Isto significa deixar de lado pensamentos sobre o que é impossível acontecer em sua vida. Esses pensamentos são um atraso de vida. Como você sabe o que é e o que não é possível?
  • Observe o modo como você se comunica com o Universo – o que diz, pensa ou faz – pode não estar lhe trazendo o que quer. Ou, pior ainda, se o que diz, pensa ou faz pode estar lhe trazendo coisas que você definitivamente não quer! O que há em sua comunicação com o Universo que lhe atrai relacionamentos – pessoais ou profissionais – que não dão certo? “Peça e receberá”
  • O Universo lhe trará as pessoas de que você precisa para atender aos pedidos que faz. Quando essas pessoas chegarem, tudo o que precisa fazer é reconhecê-las e usar habilidades de comunicação interpessoal para integrá-las à sua vida de um modo que dê certo para elas e para você. Sim, aí pode estar o segredo!
  • Não há necessidade de GRITAR! Mesmo que você se comunique em total silêncio o Universo o ouvirá, desde que seu pedido seja claro e coerente.

6 Coisas a se fazer

1. Pense em tudo o que já lhe aconteceu e está lhe acontecendo como se você mesmo o tivesse pedido. (Está bem, talvez você estivesse louco, mas vamos deixar isso para outra hora!)
 

2.
Se você pediu tudo o que já lhe aconteceu, mesmo quando você está quieto no seu canto, parecendo um cogumelo (quer dizer, está escondido e mesmo assim só lhe cai bosta na cabeça), pergunte-se o que cada acontecimento pode ter lhe ensinado e que potenciais benefícios você espera tirar dele. Se conseguir respondê-lo, estará numa posição muito mais responsável e poderosa.
 

3.
Olhe as pessoas ao seu redor e veja como elas “pedem” tudo o que lhes acontece.
 

4.
Tente comunicar um desejo ou pensamento de um modo claro e tranquilo e deixe rolar. Veja o que acontece
 

5.
Experimente “pedir” a vida e os relacionamentos que almeja fazendo mais do que dá certo e menos do que não dá. Isto talvez pareça ridiculamente óbvio, mas, devido aos nossos padrões, hábitos, e crenças, é uma coisa incrivelmente difícil de fazer!
 

6.
Experimente enviar ao Universo pensamentos que reflitam a vida, os relacionamentos e as experiências que realmente gostaria de ter; seja ousado e ambicioso…Repito: TUDO É POSSÍVEL!
 
https://osegredo.com.br/2014/10/como-pedir-o-que-queremos-de-um-jeito-que-funcione/ ___________Via: mundointerpessoal
publicado por momentoskatia às 14:54

link do post | comentar | favorito
|

SENTIMENTOS GERAM DOENÇAS

foto2.jpg

Ao longo desses anos pude estar em contato com várias literaturas, umas de autoajuda, outras mais científicas.

Vi em muitos casos que pessoas que possuíam certo padrão de sentimentos (pensamento) ou estavam dentro de alguma situação conflitante, acabavam por desenvolver doenças.

Busquei saber mais em psicossomática, e autoras memoráveis com Louise Hay, com obras fantásticas sobre sentimentos e doenças.

Somos responsáveis por nossos corpo em por tudo que ocorre nele (em geral temos a idéia disso, mas não a certeza), nossos pensamentos, principalmente os mais negativos, como tristeza, raiva. medo, ódio, baixa auto-estima, desvalor próprio, rejeição, vontade de fugir (dentre outros), em geral originam um estado de falta de perdão, consigo ou o outro.

Esse estado desencadeia em nosso cérebro uma série de substâncias que acabam desestabilizando alguma parte do nosso corpo, gerando doenças, por vezes algumas bem graves.

O segredo para uma vida com melhor saúde é sempre, perdoar e saber que ninguém é perfeito, e valorizar-se muito, afinal se você não der valor a você, ninguém te valorizá-la. Ame seus defeitos, suas qualidades pensando sempre em melhorar seus pontos a desenvolver.

Cuidado com os sentimentos que vê que não são bons para você, perceba e veja o que pode mudar para não lhe fazer mal.

Segue uma tabela com algumas doenças e os sentimentos que as desencadeiam.

  • Amigdalite : Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
  • Anorexia: Ódio ao extremo de si mesmo.
  • Apendicite: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
  • Arteriosclerose: Resistência. Recusa em ver o bem.
  • Asma: Sentimento contido, choro reprimido.
  • Bronquite: Ambiente familiar “inflamado”, Gritos e discussões.
  • Câncer: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
  • Colesterol: medo de aceitar alegria.
  • Derrame: Resistência. Rejeição a vida.
  • Diabetes: Tristeza profunda ( vida sem docura).
  • Diarréia: Medo, rejeição, fuga (eliminar de dentro o que está ruim).
  • Dor de cabeça: Autocrítica, falta de auto valorização.
  • Enxaqueca: Medos sexuais. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
  • Fibromas: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.
  • Frigidez: Medo. Negação do prazer.
  • Gastrite: Incerteza profunda. Sensação de condenação, idéias mal digeridas.
  • Hemorróidas: Medo de prazos determinados. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
  • Hepatite: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
  • Insônia: Medo, culpa.
  • Labirintite: Medo de não estar no controle.
  • Meningite: Tumulto interior. Falta de apoio.
  • Nódulo: Ressentimento, frustração. Ego ferido.
  • Pele (acne): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
  • Pneumonia: Desespero. Cansaço da vida.
  • Pressão Alta: Problema emocionalmente duradouro e não resolvido.
  • Prisão de Ventre: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
  • Pulmões: Medo de absorver a vida.
  • Quistos: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
  • Resfriados: Confusão mental, desordem, mágoas.
  • Reumatismo: Sentir-se vítima. Falta de amor. Amargura.
  • Rinite Alérgica: Congestão emocional. Culpa. Crença em perseguissão.
  • Rins: Crítica, desapontamento, fracasso.
  • Ronco: Teimosia, apego ao passado.
  • Sinusite: Irritação com pessoas próximas.
  • Tireóide: Humilhação.
  • Úlceras: Medo. Crença de não ser bom o bastante.
  • Varizes: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.

fonte: https://osegredo.com.br/2015/05/sentimentos-geram-doencas-as-emocoes-e-as-doencas/

publicado por momentoskatia às 14:37

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Agosto de 2016

Mentalização Positiva

untitled.png

– O QUE VOCÊ DEVE FAZER DE DENTRO PRA FORA –

Pense sempre, de forma positiva.

Toda vez que um pensamento negativo vier à sua cabeça,troque-o por outro!

Para isso, é preciso muita disciplina mental. Você não adquire isso do dia para a noite; assim como um “atleta”,treine muito.

Não se queixe.

Quando você reclama, tal qual um ímã, você atrai para si toda a carga negativa de suas próprias palavras.

A maioria das coisas que acabam dando errado, começa a se materializar quando nos lamentamos.

Risque a palavra culpa do seu dicionário.

Não deixe que interferências externas tumultuem o seu cotidiano.

Livre-se de fofocas, comentários maldosos e gente deprimida. Isto é contagioso. Seja prestativo com quem presta.

Sintonize com gente positiva e alto astral.

Não se aborreça com facilidade e nem dê importância às pequenas coisas.

Quando nos irritamos, envenenamos nosso corpo e nossa mente.

Procure conviver com serenidade e quando tiver vontade de explodir, conte até dez.

Viva o presente. O ansioso vive no futuro. O rancoroso, vive no passado. Aproveite o aqui e agora.

Nada se repete, tudo passa. Faça o seu dia valer a pena.

Não perca tempo com melindres e preocupações, pois só trazem doenças.

A água purifica. Sempre que puder vá a praia, rio ou cachoeira. Em casa, enquanto toma banho, embaixo do chuveiro, de olhos fechados, imagine seu cansaço físico e mental e que toda a carga negativa está indo embora por água abaixo.

Ande descalço quando puder, na terra de preferência. Em casa, massageie seus pés com um creme depois de um longo dia de trabalho. Os escalde em água morna. Acrescente um pouco de sal para se descarregar.

Mantenha contato com a natureza; tenha em casa um vaso de plantas pelo menos. Cuide dele com carinho. O amor que dedicamos às plantas e animais acalma o ser humano e funciona como relaxante natural.

Ouça músicas que o façam cantar e dançar. Seja qual for o seu estilo preferido, a vibração de uma canção tem o poder de nos fazer sentir vivos , aflorando a nossa emoção e abrindo o nosso canal com alegria.

Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo o impeça de tentar.

Liberte-se! Sempre que puder livre-se da rotina e pegue a estrada, nem que seja por um único dia.

Conheça novos lugares e novas pessoas.

Viva a Vida!

Gaste mais horas realizando que sonhando,

fazendo que planejando, vivendo que esperando porque…

embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. 

O medo nos afasta das derrotas….mas das vitórias também!

Descolnheço a Autoria

 

fonte: https://osegredo.com.br/2014/01/mentalizacao-positiva/

publicado por momentoskatia às 12:31

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 12 dicas de um médico jap...

. Cuidado com nossos filhos...

. Aviso importante!!

. Pense bem...

. Apenas faça...

. Depois dos 35 anos...

. Curiosidades literárias

. O que faz bem e o que faz...

. Envelhecer faz parte da v...

. A alma só envelhece se vo...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds