Domingo, 24 de Janeiro de 2016

Homem relata no Facebook como traiu a esposa e emociona o mundo

Jason-e-sua-família.jpg

Uma olhada rápida no perfil do humorista Jason Hewitt é ter a certeza do quanto ele ama sua esposa e sua família. Mas foi um relato de traição postado na rede social que o fez ficar em evidência.

Jason conta que estava em uma loja de departamento e enquanto aguardava sua vez de pagar, admirou uma mulher que estava em sua frente. Foi quando percebeu se tratar de sua esposa.

Sua postagem recebeu mais de 350 mil curtidas e logo se tornou assunto do momento nos EUA, fazendo muitas mulheres suspirarem com sua sensibilidade e homens invejarem suas palavras.

Leia agora o depoimento traduzido de como traiu sua esposa:

“Confesso que estou um pouco envergonhado de admitir isso, mas de certa forma eu traí minha mulher hoje. Eu vou explicar. Estava no supermercado pegando alguns itens – pinça de sobrancelha, cortador de unha, aparelho de barbear, cera de depilação para o bigode, alguns petiscos e uma bucha – e quando estava na fila do caixa vi uma mulher que me chamou a atenção. Pensei comigo “Uau, quem será o sortudo que está com ela”, e em questão de segundos me dei conta de que era a minha esposa!

Sabe, foi algo fora do normal ver minha mulher na mesma loja, mesma fila do caixa, vivendo sua vida sem saber que era possível eu e ela estarmos no mesmo lugar, na mesma hora, mas em diferentes carros. Tinha uma pessoa entre nós na fila, então só fiquei observando meu amorzinho, até mandei duas mensagens de texto do tipo “E aí gatinha?!” e “O que está comprando minha linda?”, mas que não tiraram a atenção dela enquanto procurava na bolsa um cupom de desconto que deve ter guardado especialmente para aquela compra. Eu acabei desistindo de chamar sua atenção, e como podem imaginar, eu poderia ter pulado do lado dela deixando-a ao mesmo tempo envergonhada e feliz em me ver, mas ao invés disso eu fiquei na minha, apenas observando e pensando sobre o que eu sentia por essa mulher.

esposa_jason_Hewlett.jpg

Em primeiro lugar, eu fiquei mais uma vez surpreso com a beleza dela. Eu acredito que reparo nisso sempre, mas hoje, sem saber que ela estaria na mesma loja, eu a vi com outros olhos e não pude acreditar que era eu o marido dela. E isso me fez ficar vermelho – mas não dava pra ninguém ver por causa da barba enorme. Em segundo lugar, eu fiquei espantado pelo fato de ela não reparou nem um pouco que eu estava ali. E isso tem um lado bom e um ruim. É bom porque mostra que ela não tem aquele olhar curioso e porque ela não viu o maluco de barba grande espiando ela por cima do ombro. Mas ruim porque poderia não ser eu ali. Preciso comprar um spray de pimenta para ela…

Além disso, também foi ruim porque eu percebi o quanto eu estive perto de nunca ter tido o amor dela e todo o esforço que tive que fazer há anos atrás apenas para ganhar a atenção dela e ter uma chance de chama-la para sair. Por um minuto eu senti aquela dor familiar da desgraça quando eu vi ela pela primeira vez e disse pra mim mesmo que era impossível. Mas de alguma maneira eu a conquistei apesar das minhas inseguranças, imperfeições e incapacidades.

Por fim, eu estava tão feliz em ver a totalmente confidente, independente, capaz, humilde, graciosa, doce e maravilhosa pessoa que ela é. E aí ela pegou as compras e saiu pela porta. Eu nunca disse nada, não a chamei pra perto de mim, apenas fiquei olhando enquanto ela se afastava, admirando, sabendo que ela era minha esposa e que eu amo tudo a seu respeito. Ela raramente acessa o Facebook então não verá esse post, e não vai perceber que de certa maneira ela foi traída hoje, mas eu pensei em compartilhar com todos vocês uma vez que sou apenas um cara estranho a passeio nesta vida, e, ao mesmo tempo com a certeza de que outras pessoas já tiveram experiências parecidas com as pessoas que amam, de um jeito ou de outro, e que sabem que esse são momentos perfeitos.

Moral da história: é bom olhar aqueles que amamos como se fosse a primeira vez sempre que possível, para nos lembrarmos como somos sortudos em ter essas pessoas em nossas vidas.”

Para ver a postagem original, clique aqui.

E esse olhar pode fazer a diferença em qualquer relacionamento, não é mesmo? Tenho certeza que se exercitarmos essa forma de ver,  teremos histórias incríveis para contar também.

 

(via Eu te amo hoje)

publicado por momentoskatia às 17:16

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De isac a 26 de Janeiro de 2016 às 16:19
bem legal...te amo

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Fábula das Três Árvores...

. Uma tese é uma tese

. Três gostas de vodka

. Serás mãe...

. Conversa entre vô e neto....

. Sobre a morte e o morrer ...

. A mãe do pai

. Essência...

. 12 dicas de um médico jap...

. Cuidado com nossos filhos...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds