15
Nov 21

capa-5-2.jpg

O vocábulo etiqueta é de origem francesa e se originou da palavra etiquette. De acordo com o Minidicionário Aurélio são atribuídas a este termo as seguintes definições:

  1. Conjunto de cerimônias usadas na corte ou na casa dum chefe de Estado;
  2. Formas cerimoniosas do trato social; formalidade, protocolo;
  3. Rótulo posto sobre algo para designar o que é ou o que contém.

 

Histórico

As normas de etiqueta surgiram da necessidade do homem de viver em sociedade e tiveram seu apogeu, no século XVII, na corte de Luís XIV, que se auto - proclamou Rei Sol e declarou o Estado sou eu! (L'etat c'est moi!). Ele distribuía aos nobres, que faziam parte da sua corte, bilhetes/etiquetas ensinando-os como se comportar, onde se sentar, dentre outras coisas. Na verdade, nesta época essa prática era uma forma de padronizar o comportamento da nobreza, ou seja, o comportamento era a confirmação do prestígio que o indivíduo possuía. A prática da etiqueta consiste, em outras palavras, numa auto apresentação da sociedade de corte. Através dela, cada indivíduo, e antes de todos o rei, tem o seu prestígio e a sua posição de poder relativa confirmados pelos outros.

A opinião social que forja o prestígio dos indivíduos se expressa através do comportamento de cada um em relação ao outro, dentro de um desempenho conjunto que segue determinadas regras. (ELIAS, 1995, p.240) A sociedade de corte citada no trecho anterior diz respeito aqueles que frequentavam a corte, mas ainda assim dependiam do rei, pois o fato de pertencerem a ela não garantia a permanência nela. E, por isso a vida na corte não era amigável, pois a todo tempo os nobres lutavam por prestígio o que gerava inúmeras intrigas e escândalos, sendo a etiqueta usada, na verdade, como um instrumento de dominação e não de mera distinção, como podemos perceber neste trecho escrito pelo próprio Luís XIV em suas Memórias (II, 15), citado por Norbert Elias (1995, p.132-133): “Estão grandemente enganados aqueles que imagina tratar-se aí apenas de questões de cerimônia. Os povos sobre os quais reinamos, não podendo penetrar o fundo das coisas, pautam em geral seu julgamento pelo que veem exteriormente, e o mais frequentemente é pelas primazias e posições que medem seu respeito e sua obediência. Como é importante para o público ser governado apenas por um único, também é importante para ele que este que exerce essa função seja elevado de tal maneira acima dos outros que não haja ninguém que possa confundir ou comparar-se com ele, e podemos, sem sermos injustos para com o corpo do Estado, retirar-lhe as menores marcas de superioridade que o distingue dos membros.”

Contudo, Luís XIV não foi o criador nem do cerimonial e muito menos da etiqueta, pois já no século XIII eram escritos poemas sobre as regras de boas maneiras, principalmente a mesa, como se pode observar nos poemas abaixo: Tannhäuser sobre as boas maneiras corteses.

1-Considero homem bem educado aquele que sempre pratica boas maneiras e nunca se mostra grosseiro.

2-Há muitas formas de boas maneiras e elas servem a muitos bons fins. O homem que as adota nunca erra.

25-Quando comes, não esqueças os pobres. Deus te recompensará se os tratares bondosamente.

33-Um homem refinado não deve arrotar na colher quando acompanhado. É assim que se comportam pessoas na corte que praticam má conduta.

37-Não é polido beber no prato, embora alguns que aprovam esse grosseiro hábito insolentemente levantem o prato e o sorvam como se fossem loucos.

41-Os que caem sobre os pratos como suínos quando comem, bufando repugnantemente e estalando os lábios... De Ein spruch der zé tische kêrt (Uma palavra àqueles à mesa):

313-Não deves beber no prato. Com uma colher é correto.

315-Os que se levantam e fungam repugnantemente sobre os pratos, como se fossem suínos, pertencem à classe dos animais do campo.

319-Bufar como um salmão, comer voraz e ruidosamente como um texugo e queixar-se enquanto come - eis três coisas inteiramente indecorosas. (ELIAS, 1993, p.96) E no século XVI surgiram os tratados de boas maneiras que nesta época não era um instrumento de dominação, mas apenas de distinção, pois na Idade Média as regras de boas maneiras pertenciam à alta sociedade e eram muito semelhantes, em sua essência, em diferentes países, apesar de estes possuírem diferentes tradições.

O Comportamento a Mesa e o Uso dos Utensílios

Certos costumes hoje seguidos não apareceram de uma hora para outra e nem foram inventados por um simples acaso. Quem nunca se questionou de onde surgiu tal comportamento ou por que agimos de tal maneira em determinados lugares? As regras de boas maneiras a mesa, na Idade Média, estavam baseadas no que se podia ou não fazer, por exemplo, não podia arrotar, não podia pegar a comida com as mãos (esta obviamente foi criada depois que os talheres foram inventados), não se admitia assuar na toalha nem ser barulhento a mesa, dentre várias outras.

No que diz respeito ao uso de utensílios, Norbert Elias (1993, p.105) descreve: "A mesa você deve usar guardanapo, prato, faca, colher e garfo. Seria inteiramente contrário ao bom tom dispensar um desses utensílios." Isto quer dizer que depois de criados, os utensílios jamais deveriam ser dispensados, pois cada um deles tinha uma finalidade e uma forma de uso: O guardanapo que é posto sobre o prato, tendo a finalidade de preservar de manchas e outras sujeiras inseparáveis de refeições, deve ser colocado sobre a pessoa de modo que cubra a parte fronteira do corpo até os joelhos, passando sob a gola, mas não por dentro dela. A colher, garfo e faca devem sempre ser colocados à direita. A colher destina-se a ingestão de líquidos e o garfo para pegar carnes sólidas. (ELIAS; Norbert, 1993, p.107). Apesar de existirem muitas regras de boas maneiras, nesta época a forma como as pessoas se sentavam ou apoiavam os cotovelos na mesa não era relevante, ou seja, não existiam regras para isso, cada um se senta da maneira que deseja e é assim também com os cotovelos.

Atualmente, ainda é dada muita importância para estas regras de etiqueta, tanto que ela não é mais utilizada somente pela alta sociedade, pois, ainda que minimamente, todos conhecem um pouco destas regras, ainda que as mais simples, como a de não falar de boca cheia. Porém ocorreram algumas modificações, dentre elas, a disposição dos talheres, a atenção que é despendida para a maneira como a pessoa se senta e como apoia os cotovelos e, além disso, foram criadas novas regras como a que diz: sempre - talvez - nunca, que consiste no seguinte:

  1. Sempre - deve-se apoiar somente os pulsos na beira da mesa, mantendo o braço o mais próximo possível do corpo
  2. Talvez - pode-se apoiar os braços na beira da mesa;
  3. Nunca - coloque os cotovelos sobre a mesa

Quanto ao manuseio dos talheres, segundo Ribeiro (1997, p. 70-74) deve ser feita da seguinte maneira: [...]

Pega-se a faca com os dedos polegar e indicador, e o médio no cabo, como quem pega uma caneta, evitando colocar o dedo na lâmina

Quando se come só com o garfo, ele fica com a parte côncava para baixo, segura-se com a mão direita fechada, o dedo médio como apoio do polegar e o indicador firmando o cabo

Ao cortar a carne, o garfo na mão esquerda fica com a parte côncava para cima e segura-se como se fosse uma caneta, o dedo indicador acima do cabo. É a única maneira correta de pegá-lo para esta operação

Se forem usados simultaneamente com a colher, ele fica na mão esquerda, serve apenas para firmar. Ajuda a colocar o alimento na colher e esta que é levada à boca. [...]

Jamais se leva a faca à boca. [...]

Segura-se a colher com a mão direita, pela parte mais elevada do cabo e não junto à base. Ela deve ser levada à boca sempre pela lateral, evitando-se a ponta, como faziam antigamente. Este é um dos exemplos mais simples que a etiqueta absorve em sua evolução. [...]

Os talheres, em descanso, não devem ficar com os cabos apoiados na mesa, mas no prato, o garfo com a parte côncava para cima

Não se gesticula com um talher na mão.

Quando se descansam os talheres, garfo e faca ficam dentro do prato, em diagonal, garfo à esquerda e faca à direita, sem apoiar os cabos na mesa. [...]

Recomenda-se que as pessoas canhotas usem os talheres como estão habituadas. É deselegante, porém, num jantar de cerimônia, o canhoto, ao sentar, trocar logo o lado dos talheres na mesa, antes de começar a comer. A atitude será tomada discretamente.

Dicas de Comportamento a Mesa

Abaixo seguem algumas regras de etiqueta que são frequentemente utilizadas na atualidade:

Não é elegante palitar os dentes à mesa;

Não gesticular à mesa e muito menos quando estiver segurando um talher;

O aparelho celular deve estar desligado na hora da refeição;

Não se sentar muito perto da mesa, nem muito afastado;

Não mudar os utensílios de lugar;

Não utilize facas para comer massas. Utilize um garfo;

O guardanapo é posto no colo.

 

Fonte: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/iniciacao-profissional/etiqueta-da-idade-media-a-contemporanea/21233

publicado por momentoskatia às 18:37

11
Nov 21

Zusanli.jpg

Você conhece o ponto de longevidade chamado Zusanli?
Ele está localizado quatro dedos abaixo dos joelhos, na parte externa da tíbia. Massageie suavemente por cerca de 10 minutos todos os dias.
O PONTO MAIS IMPORTANTE NA BIOENERGIA ACUPUNTURAL.
Na medicina bioenergética chinesa, o ponto 36 do estômago (E36), também conhecido como Zusanli, é o mais famoso de todos os pontos do sistema de acupuntura.
Este ponto é uma importante fonte de energia (Qi) e sangue (Xue). Ele tonifica a energia e o sangue. Com este ponto, segundo a tradição chinesa, quase todas as doenças podem ser tratadas. Fortalece o corpo, regula e equilibra o mecanismo de energia e, acima de tudo, permite-nos ter uma vida longa.
Na China, eles chamam de “ponto de longevidade” e no Japão, “ponto de 100 doenças”.
Para localizá-lo, faça-o conforme indicado na figura. Ele está localizado na mira de quatro dedos do pé do joelho em direção à borda externa da tíbia.
Precisamente na capacidade deste ponto de tonificar energia e sangue, está a base para a sua utilização em múltiplas enfermidades, entre as quais listamos as seguintes:
-Regula o sistema imunológico.
-Quando há deficiência de leucócitos, foi demonstrado que aumenta o número dessas células que coordenam a resposta imune celular.
-Também aumenta a produção de imunoglobulina, que é um anticorpo que atua em casos de alergias ou parasitas.
-Regula o sistema endócrino.
-Ativa todo o sistema hormonal, estimulando o hipotálamo. Atua de maneira especial nas glândulas supra-renais, que são as mais poderosas defensoras da saúde humana com a adrenalina, a hidrocortisona e outros hormônios fundamentais para a corrente sanguínea.
-Tratamentos psiquiátricos e neurológicos.
-Ao aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro, Zusanli é recomendado para problemas mentais e cerebrais, como depressão, mania, insônia e derrames ou acidentes vasculares cerebrais.
Além de todos os itens acima, o Zusanli:
-Controla o funcionamento dos órgãos que estão localizados na parte inferior do corpo
-Controla o funcionamento dos pontos da coluna vertebral que por sua vez são responsáveis ​​pelo bom funcionamento do trato digestivo, trato intestinal e órgãos genitais.
-Normaliza a pressão arterial
-Normaliza glicose, insulina.
-Elimina processos inflamatórios no corpo.
-Melhorar o sistema digestivo.
-Cure doenças do trato gastrointestinal.
-Melhora a saúde do coração.

1c.jpg

 

publicado por momentoskatia às 13:12

25.jpg

MAS SERÁ O BENEDITO ?
Benedito Meia-Légua, que assombrou os escravagistas anos antes da abolição
Seu nome original era Benedito Caravelas e viveu até 1885, um líder nato e bastante viajado, conhecia muito do nordeste. Suas andanças conferira-lhe a alcunha de "Meia-légua". Andava sempre com uma pequena imagem de São Benedito consigo, que ganhou um significado mágico depois.
Ele reunia grupos de negros insurgentes e botava o terror nos fazendeiros escravagistas da região, invadindo as Senzalas, libertando outros negros, saqueando e dando verdadeiros prejuízos aos racistas.
Contam que ele era um estrategista ousado e criativo, criava grupos pequenos para evitar grandes capturas e atacavam fazendas diferentes simultaneamente. A genialidade do plano era que o líder de cada grupo se vestia exatamente como ele.
Sempre que um tinha o infortúnio de ser capturado, Benedito reaparecia em outras rebeliões. Os fazendeiros passaram a crer que ele era Imortal. E sempre que haviam notícias de escravos se rebelando vinha a pergunta "Mas será o Benedito?"
O mito ganhou força após uma captura dramática. Benedito chegou a São Mateus (ES) amarrado pelo pescoço, sendo puxado por um capitão do mato montado a cavalo. Foi dado como morto e levado ao cemitério dos escravos, na igreja de São Benedito.
Noutro dia, quando foram dar conta do corpo, ele havia sumido e apenas pegadas de sangue se esticavam no chão. Surgiu a lenda que ele era protegido pelo próprio São Benedito. Por mais de 40 anos ele e seu Quilombo, mais do que resistiram, golpearam o sistema escravocrata.
Meia-Légua só foi morto na sua velhice, manco e doente. Ele dormia em um tronco oco de árvore. Esconderijo que foi denunciado por um caçador. Seus perseguidores ficaram a espreita, esperando Benedito se recolher. Tamparam o tronco e atearam fogo.
Seu legado é um rastro de coragem, fé, ousadia e força para lutar pelo nosso povo, que ainda hoje é representado em encenações de Congada e Ticumbi pelo Brasil. Em meio as cinzas encontraram sua pequena imagem de São Benedito.
Todo dia 1 De Janeiro, o cortejo de Ticumbi vai buscar a pequena imagem do São Benedito do Córrego das Piabas e levar até a igreja em uma encenação dramática para celebrar a memória de Meia-Légua.
 
Fonte: Twitter Alê santos em junho de 2018.
Meu respeito e admiração , pois somente com atitude se muda a realidade .
Thaciano Almuharib
Ativista do M.N.U.
Pan Africanista.
Dir. Políticas Públicas/
Sinthoress CUT👊🏿.

 

publicado por momentoskatia às 13:07

29
Set 21

42ea93ba-a243-4652-90ff-99e182c57d55.jpg

Gente, há uns 6 meses atrás, meu vizinho, pediu a senha da minha internet.
Eu passei e pensei: Trânquilo, não custa nada, até porque eu me dou bem com ele. Ontem, eu estava chegando em casa e ele estava no portão.
Paramos e conversamos um pouco como sempre, quando ele me disse todo feliz que colocou Netflix. Eu então falei brincando, "ando trabalhando bastante, mal tenho tempo de ver TV, mas legal, depois me empresta a senha, para eu ver umas séries".
Então a esposa dele, que estava sentada na varanda, disse: "Não tem como não, porque sou eu quem pago e não é para sair distribuindo por aí não".
Reinou um silêncio total!!!
Ele, sem graça, pediu desculpas, e eu disse pra deixar para lá. Seguimos falando de outro assunto. E eu entrei pra minha casa.
Logo depois, a esposa do meu vizinho saiu chamando por ele, parecia nervosa, dizendo que a tv não estava funcionando. Ele entrou, e eu fiquei ali olhando da janela.
Depois de alguns minutos ele e a esposa saíram e vieram me chamar e disseram que a net não estava funcionando, que a senha não entrava...
Virei pra eles e disse: "eu troquei a senha, pois sou eu que pago e não é para sair distribuindo por aí". A esposa ficou vermelha e tentou argumentar, eu logo disse: "Senhora, vamos fazer assim, eu fico com minha internet e vocês com sua Netflix e tudo fica numa boa e ninguém se aborrece.
Eles entraram de cara feia e bateram o portão. Nunca mais falaram comigo.
*A história não é minha, mas é para refletir!!!
Amizade tem que ser recíproca.
Amor tem que ser recíproco.
Afeto tem que ser recíproco.
Daqui por diante pretendo retribuir o silêncio com silêncio, as ausências com ausências, o carinho com carinho, a amizade com amizade e a lealdade com lealdade.
Chega de viver sentimentos de uma só via. Sentimentos têm que ter mão dupla!

autor desconhecido

publicado por momentoskatia às 15:59

27
Set 21

images.jpg

Faça uma pergunta a si mesmo: o que me faz levantar da cama todos os dias? Não sabe a resposta ao certo? Então talvez é porque você ainda esteja em busca do seu "ikigai". O termo em japonês carece de uma tradução literal para o português, mas seu significado é algo como "razão de viver"

A busca pelo propósito não pode ser só motivada pela busca da longevidade, de acordo com Ken Mogi, autor do livro "Ikigai: Os cinco passos para encontrar seu propósito de vida e ser mais feliz". Não se trata apenas de viver mais, mas sim de dar sentido a esses anos que você ganhou. O neurocientista japonês dá ainda algumas dicas para quem está nessa empreitada de procurar o seu "ikigai". São elas:

  • Encontrar propósitos pequenos no seu dia a dia, como beber uma xícara de café. Nem tudo precisa ser grandioso, os pequenos prazeres da vida têm o seu valor e é justamente o "ser fácil" que torna o conceito tão atraente;
  • Observe a si mesmo e às suas versões mais antigas. Resgatar seus sonhos de infância pode ser revelador. O que sempre deu prazer a você? Qual o tema que sempre o pulsou?
  • Na iminência de não saber o que quer, pontue o que você já sabe que não quer. Isso pode dar pistas e excluir caminhos que não o agregam;
  • Respeite seu processo. Nem todo mundo sabe desde sempre qual é a sua missão. Além disso, ela pode mudar ao longo da sua vida, portanto é preciso estar sempre nesse movimento da busca, pois os "ikigai" são múltiplos;
  • Partindo desse princípio da multiplicidade, e retomando pontos anteriores, lembre-se de não se limitar a um único e grandioso propósito. A beleza está justamente em se permitir a ter vários e ter realizações diárias;
  • Priorize, por fim, atividades que beneficiem também o outro. Ajudar o próximo é comprovadamente bom para nossa mente e corpo e esse senso de comunidade está fortemente atrelado ao conceito de propósito.

Fonte: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/09/22/ikigai-conceito-japones-ajuda-pessoas-a-encontrarem-proposito-de-vida.htm?utm_campaign=viva-bem&utm_content=destaques&utm_medium=email&utm_source=newsletter

publicado por momentoskatia às 13:53

16
Set 21

Terceiro-olho-1.jpg

Na espiritualidade, o beijo na testa é conhecido como beijo do terceiro olho ou beijo do divino. Isso porque o chakra do terceiro olho se localiza no meio da testa. Beijar alguém nesse lugar significa basicamente beijar a sua alma.

Além disso representa proteção, benção, respeito e sinal de carinho.

O amor transmitido através deste gesto nos fortalece e motiva a buscar as melhores coisas da vida.

Quando alguém recebe o beijo do terceiro olho, vivencia uma experiência diferente e edificante, porque o processo ativa a glândula pineal e pituitária, trazendo bem-estar e cura.

publicado por momentoskatia às 16:27

09
Set 21

frutas.jpg

Isto abrirá os seus olhos! Leia a mensagem até ao fim...

Comer Frutas

Todos nós pensamos que comer frutas significa comprar fruta, cortar e pormos nas nossas bocas. Não é assim tão fácil como pensamos. É importante saber como e quando comer as frutas.

Qual é a forma correta de comer fruta?
Significa não comê-las depois das refeições!

Frutas devem ser comidas de Estômago vazio.
Se você ingerir fruta de estômago vazio, ela terá um papel maior na desintoxicação do seu corpo, fornecendo muita energia para perder peso e outros benefícios à saúde.
As frutas são os alimentos mais importantes.

Digamos que você come duas fatias de pão e depois uma fatia de fruta. A fatia de fruta está pronta a ir direto aos intestinos através do estômago, mas é impedida devido ao pão que você comeu antes dela.
Enquanto isso, todo o pão e fruta fermenta, tornando-se em ácido. No minuto que a fruta entra em contato com a comida no estômago e os sucos digestivos, a massa inteira de comida começa a estragar o seu efeito.

Portanto, por favor, coma a sua fruta de estômago vazio ou antes das refeições!

Tem-se ouvido pessoas queixarem-se:

Todas as vezes que como melão, após as refeições, o meu estômago incha; quando como uma banana, sinto vontade de correr para a banheiro, etc...etc..

Na verdade, tudo isso não aparecerá se comermos frutas de estômago vazio.

A fruta mistura-se com os outros alimentos apodrecendo e sendo digerida, produz gases, por isso a sensação de inchaço.

Cabelo esbranquiçado, calvice, explosões nervosas e olheiras, tudo isso não acontecerá se você comer fruta de estômago vazio.

Alguns dizem que algumas frutas, como Laranja e Limões, são ácidas.
Todas as frutas se tornam Alcalinas no nosso corpo, de acordo com o Dr. Herbert Shelton que fez investigação sobre esse propósito.

Se você aprender a forma correta de comer fruta, terá o segredo da beleza, longevidade, saúde, energia, felicidade e peso normal.

Quando precisar beber suco de fruta, tome apenas suco natural, não de latas, pacotes ou garrafas.
Nem vale a pena beber suco que tenha sido aquecido.

Não coma fruta cozida, porque não obterá os nutrientes de forma nenhuma. Somente sentirá o sabor. Cozinhar destrói todas as vitaminas.

Mas, comer a fruta por inteiro é muito melhor que beber o suco.

Se tiver que beber o suco natural de fruta, tome de gole em gole e devagar, porque deve deixá-lo misturar-se com a sua saliva antes de engolir.

Você pode entrar num jejum só de frutas por 3 dias, para limpar ou desintoxicar o seu corpo.

Faça isso e ficará surpreendido quando os seus amigos te disserem o quão radiante parece!

Frutas

Kiwi: pequena mas poderosa. É uma boa fonte de potássio, magnésio, vitamina E & Fibra. Contém duas vezes mais vitamina C do que a Laranja.

Maçã: Uma maçã por dia previne a vinda do cancer. Embora a maçã tenha uma quantidade pequena de vitamina C, ela tem antioxidantes & flavonóides que fortificam o efeito da vitamina C assim, ajudando a reduzir o risco do cancer do Cólon, ataques cardíacos e tromboses.

Morango: Fruta protetora; morango tem o conteúdo mais alto do efeito de antioxidantes entre grandes frutas e protege o corpo de causadores do cancer, entupimento dos vasos sanguíneos e sem radicais.

Laranja: a medicina mais doce. Comer 2-4 Laranjas por dia pode ajudar a prevenir a constipação, baixar o colesterol, prevenir e dissolver pedras nos rins assim também como diminuir o risco de câncer do Cólon.

Melão: O mais fresco a saciar a sede. Composto de 92% água, e também composto por uma grande dose de glutathione, que ajuda a reforçar o nosso sistema urinario. Também é uma fonte chave de lycopene - o oxidante que combate o cancer. Outros nutrientes que se encontram no melão são, a vitamina C & o Potássio.

Goiaba & Papaia: Lideram no conteúdo de vitamina C. Elas são as campeãs pelos seus grande conteúdos em vitamina C.

A Goiaba é também rica em fibra, que ajuda na prevenção da constipação/congestão.

Papaia é rica em carotene; que é bom para os olhos.

Beber água ou bebidas geladas depois das refeições = Cancer, acredita nisso? Para aqueles que gostam de beber água ou bebidas geladas, este artigo é aplicável para eles.

De qualquer modo, a água gelada ou bebidas irão solidificar o conteúdo oleoso que você acabou de ingerir e dificultará a digestão.
Uma vez que esse 'lodo' reagir com o ácido, ele quebra-se-a e será absorvido pelos intestinos mais rápido do que a comida sólida.
Ira se alojar nos intestinos, e muito brevemente tornar-se-á em gordura e levará ao cancer!

O melhor é beber chá morno depois das refeições.

Vamos ser cuidadosos e conscientes. Quanto mais soubermos, mais chances teremos de sobreviver..

🍎🍊🍐🍌🍓🥑🍋🍏🍇🍉🍎🍊🍓🥑🍐🍊🍎🍋🍉🍌🍊🍋

publicado por momentoskatia às 20:20

O-corpo-fala-1024x1024.png

Olha que lindo esse texto colocado na porta do Consultório de um Médico Homeopata. Achei válido compartilhar:

A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma.

O resfriado escorre quando o corpo não chora.

A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.

O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.

O diabetes invade quando a solidão dói.

O corpo engorda quando a insatisfação aperta.

A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.

O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.

A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.

As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.

O peito aperta quando o orgulho escraviza.

A pressão sobe quando o medo aprisiona.

As neuroses paralisam quando a "criança interna" tiraniza.

A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra.

O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.

E as dores caladas? Como falam em nosso corpo! A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.

O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos.

Existem semáforos chamados Amigos.

Luzes de precaução chamadas Família.

Ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão.

Um potente motor chamando Amor.

Um bom seguro chamado FÉ.

Abundante combustível chamado Paciência.

Mas há um maravilhoso Condutor e solucionador chamado DEUS!!!!

publicado por momentoskatia às 20:15

cringe1.jpeg

imagem - OPC News

Pra quem não sabe, Cringe é uma gíria inglesa que significa "vergonha alheia" e no bom português o significado tá mais pra "brega".
E a tal da geração Z (nascidos entre 1995 e 2010) resolveu que o comportamento, hábitos e gostos das gerações anteriores são considerados "Cringe".
CRINGE é ter 20 anos e agir como se tivesse 7, viver às custas dos pais, comprar um iPhone 12 pro max quando a casa nem tem reboco, saber fazer vídeo de maquiagem, mas não saber lavar a calcinha, escrever textão no Face e Instagram e não saber ortografia e nem usar o verbo no infinitivo.
Isso é muiiiito Cringe.
Somos a geração que ralou pelas conquistas e, por menores que fossem, aprendemos a valorizá-las.
Somos a geração que nasceu assistindo Tom e Jerry, tendo regras, respeito aos pais e aos mais velhos, começamos a trabalhar aos 14 anos ou menos, e sentíamos orgulho por isso.
Nos adaptamos às tecnologias que, aliás, nós criamos.
Não somos CRINGE, somos PROUD (orgulhosos)!!!!!!!!

Texto do nosso amigo Ricardo Rasteiro Rodrigues

 

publicado por momentoskatia às 20:10

mulher girassol.jpg

1. Nunca dê um aperto de mão sentado.
2. Não entre em uma piscina pelas escadas.
3. O homem na churrasqueira é o que há de mais próximo de um rei.
4. Em uma negociação, nunca faça a primeira oferta.
5. Quando lhe for confiado um segredo, guarde-o.
6. Mantenha seus heróis no padrão mais alto.
7. Devolva um carro emprestado com o tanque cheio de gasolina.
8. Aja com paixão ou não aja de jeito nenhum…
9. Tire suas próprias conclusões.
10. Ao dar um aperto de mãos segure firmemente e olhe nos olhos.
11. Em todas as coisas conduza pelo exemplo, não pela explicação.
12. Se você precisa de música na praia, você não entendeu nada.
13. Leve dois lenços. O do seu bolso de trás é para você. O do seu bolso do paletó é para ela.
14. Você se casa com a mulher, você se casa com a família dela.
15. Seja como um pato. Permaneça calmo na superfície e reme como um louco debaixo d’água.
16. Experimente a serenidade de viajar sozinho.
17. Nunca tenha medo de conversar com a garota mais bonita da sala.
18. Respeite as mulheres.
19. Entenda a diferença entre o bem e o mal e esteja sempre ao lado do bem.
20. Tente escrever um elogio a você mesmo. Nunca pare de revisa-lo.
21. Agradeça a um policial.
22. Ajude o garoto novo a se enturmar.
23. Depois de escrever um e-mail com raiva, leia com atenção. Em seguida, exclua-o.
24. Peça para sua mãe brincar. Ela não vai deixar você ganhar.
25. As maneiras fazem o homem.
26. Dê crédito. Assuma a culpa.
27. Levante-se contra os valentões. Proteja aqueles intimidados.
28. Anote seus sonhos.
29. Tire um tempo para aconchegar seus animais de estimação, eles te amam muito e estão sempre felizes em vê-lo.
30. Seja confiante e humilde ao mesmo tempo.
31. Se alguma vez estiver em dúvida, lembre-se de quem você é filho e se recuse a ser apenas comum.

Algumas adições sugeridas:

32. Reze toda a noite.
33. Peça licença ao sair da mesa.
34. Peça licença ao entrar em casa.
35. Ande do lado de fora da calçada, a mulher e a criança ficam do lado de dentro.
36. Sente e fique atento onde ficam as saídas de emergência.
37. Não demonstre raiva nem tente se impor com gritos.
38. Seja reservado.
39. Música alta é falta de respeito em qualquer ocasião.
40. Ao usar qualquer coisa, devolva exatamente como pegou, e sempre mais limpa do que estava.

publicado por momentoskatia às 20:04

Novembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO