08
Jul 12

 

Certo dia, um jovem discípulo chamado Daniel foi de ônibus ao centro da cidade com seu mestre, chamado Jonas PahNu.

Porém, ao subir no veículo, um dos chinelos de Jonas escapou-lhe do pé e caiu para o lado de fora. A porta do ônibus se fechou e o veículo saiu, tornando impossível recuperar o chinelo perdido.

Imediatamente, Jonas tirou seu outro chinelo e o jogou pela janela, de modo a que caísse o mais próximo possível do seu par.

Daniel, sem entender a atitude de PahNu, perguntou-lhe:

– Mestre, por que fez isso?

– Isso o quê, Daniel?

– Você jogou o outro chinelo pela janela e ficou totalmente descalço. Por quê?

E Jonas respondeu naturalmente:

– Desse modo, a pessoa que encontrar um dos chinelos, encontrará também o outro. E poderá usá-los. De nada adiantaria para essa pessoa encontrar apenas um pé de chinelo, e nem me adiantaria ficar apenas com a outra metade do par.

Juntos, os dois chinelos podem continuar a cumprir o seu propósito de agasalhar os pés de quem deles necessite.

Jonas sorriu e Daniel entendeu o verdadeiro sentido do desapego e da solidariedade e ficou ainda mais feliz com a sabedoria e a grandeza de coração de seu mestre.

Moral da história:

A verdadeira felicidade nasce em nosso coração quando somos capazes de pensar no bem do próximo, mesmo quando estamos vivendo uma situação que para nós se apresenta como um problema.

Gilberto Cabeggi – Escritor

 

Fonte:http://www.melhoramiga.com.br/2012/07/desapego-e-solidariedade-para-uma-vida-mais-feliz/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+melhor-amiga+%28Melhor+Amiga%29

publicado por momentoskatia às 15:09
sinto-me:

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

18
20
21

22
24
25
27
28

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO