04
Set 09

 



Para viver um grande amor,
Preciso é muita concentração e muito siso,
Muita seriedade e pouco riso
- Para viver um grande amor.
Para viver um grande amor, o melhor é ser
Um homem de uma só mulher;
Pois de muitas, poxa!
É de colher...
- Não tem nenhum valor.
Para viver um grande amor,
Primeiro é preciso
Sagrar-se cavalheiro
E ser de sua dama por inteiro
- Seja lá como for.
Há que fazer do corpo uma morada
Onde se guarde a mulher amada
E postar-se de fora com uma espada
- Para viver um grande amor.
Para viver um grande amor, vos digo,
É preciso atenção como o "velho amigo",
Que porque é só vós quer sempre
Consigo para iludir o grande amor.
É preciso muitíssimo cuidado
Com quem quer que não
Esteja muito apaixonado,
Pois quem não está,
Está sempre preparado
Pra chatear o grande amor.
Para viver um grande amor, na realidade,
Há que compenetrar-se da verdade de que
Não existe amor sem fidelidade
- Para viver um grande amor.
Pois quem trai seu amor por uma vaidade
É desconhecedor da liberdade,
Dessa imensa, indizível liberdade que traz um só amor.
Para viver um grande amor, "il faut ", além de ser fiel,
Ser bem conhecedor de arte culinária e judô
- Para viver um grande amor.
Para viver um grande amor perfeito,
Não basta ser apenas um bom sujeito;
É preciso também ter muito peito
- Peito de remador.
É preciso olhar sempre a bem-amada
Como a sua primeira namorada e
Sua viúva também,
Amortalhada no seu finado amor.
É muito necessário ter em vista
Um crédito de rosas na florista
- Muito mais, muito mais que na modista!
- Para aprazer o grande amor.
Pois do que o grande amor quer saber
Mesmo, é de amor, é de amor,
De amor a esmo; depois, um tutuzinho
Com torresmo conta ponto a favor...
Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos,
Camarões, sopinhas, molhos, estrogonofes
- Comidinhas para depois do amor.
E o que há de melhor que ir pra cozinha
E preparar com amor uma galinha
Com uma rica e gostosa farofinha,
Para o seu grande amor?
Para viver um grande amor é muito,
Muito importante viver sempre junto
E até ser, se possível, um só defunto
- Pra não morrer de amor.
É preciso um cuidado permanente
Não só com o corpo mas também com a mente,
Pois qualquer "baixo" seu, a amada sente
- E esfria um pouco o amor.
Há que ser bem cortês sem cortesia;
Doce e conciliador sem covardia;
Saber ganhar dinheiro com poesia
- Para viver um grande amor.
É preciso saber tomar uísque
(com mau bebedor nunca se arrisque! )
E ser impermeável ao diz-que-diz-que
- Que não quer nada com o amor.
Mas tudo isso não adianta nada,
Se nesta "selva obscura" e desvairada
Não se souber achar a bem-amada
- Para viver um grande amor.

*Vinicius de Moraes*
publicado por momentoskatia às 15:42
sinto-me:

 

 
Deus pegou a força de uma montanha,
A majestade de uma árvore,
O calor de um sol de verão,
A calma de um mar tranqüilo,
A generosidade da natureza,
Os confortáveis braços da noite,
A sabedoria das eras,
O poder do vôo da águia,
A alegria de uma manhã de primavera,
A fé de uma semente de mostarda,
A paciência da eternidade e o
Centro da necessidade de uma família.
Depois Deus juntou esses ingredientes
E quando percebeu que nada mais havia a acrescentar,
Ele viu que Sua obra prima estava completada.
Olhou para essa obra e disse:
“A tua missão é sagrada. Vai para a vida, vai!
Só falta eu te dar um nome: Eu te batizo de PAI!”
 
Parabéns a você Pai.
publicado por momentoskatia às 15:38
sinto-me:

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
19

20
21
24
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO