02
Set 11

me fez chorar com o nosso pecado: o de não amar! Mas em seguida olhei o e-mail dando glória a Deus pq apesar dos nossos pecados ELE É BOM e se compadece de nós!

Outubro de 2009

--------------------------------------------------------------------------------
Cada dia que passa eu me surpreendo mais com o ser humano. Como alguém pode ter coragem de um ato tão monstruoso com seu próprio filho? 

Deus isso tem que acabar, não pode continuar... 
Como entender, imaginar o que se passa na cabeça de uma mulher assim... 

Lucinda Ferreira Guimarães, 40 anos, deverá ser indiciada por tentativa de homicídio, sob a acusação de dar à luz e enterrar vivo um menino recém-nascido em um terreno baldio próximo ao bairro São Miguel , em Laranjeiras do Sul , no Paraná. 



Segundo informações a criança só sobreviveu por estar enterrada em pé tendo um cachorro (anjo de quatro patas ) cavado um pouco a terra ao redor de sua cabeça, deixando-a descoberta e por causa do calor da terra que manteve a temperatura corporal. 

Os policiais foram acionados através de uma denúncia anônima para darem atendimento a uma ocorrência de abandono de criança enterrada num matagal. Segundo as primeiras informações uma senhora teria retornado para a residência ao entardecer com as vestes sujas de sangue o que chamou a atenção de vizinhos que observaram as ações da suspeita que estaria grávida até então. 

Para surpresa dos moradores locais depois de uma busca nas proximidades encontraram numa toca de tatu no matagal, um recém-nascido que estava cheio de bichos e moscas sob sua pele. Já se passavam 24 horas do provável aborto e os moradores então acionaram a polícia, pois achavam que o recém-nascido estaria em óbito. 



Ao chegarem, os policiais perceberam que ele estava vivo, tiraram os restos de terra da boca e imediatamente o encaminharam ao Hospital. No local uma equipe policial levantou informações da localização da mãe e a encontrou num bar a algumas quadras do local e deu voz de prisão a infratora. No hospital o recém-nascido recebeu os cuidados médicos necessários e passa bem. 



A mãe está na Delegacia de Polícia Civil e até o momento não pode ser ouvida sobre os motivos que a levaram a cometer tal atrocidade pelo estado de choque em que se encontra. O recém-nascido deve ser observado pelos próximos dias no hospital e possivelmente não ficará sob os cuidados da genitora. É um menino e nasceu com 08 meses... 

A senhora Lucinda é mãe de 4 filhos e esta era a 5ª gravidez. Estava casada pela 2ª vez e o filho não era deste último . 







Quando Deus quer salvar uma vida preciosa como a desse bebê, nenhum ser humano é capaz de agir contra!!! Pense nisso.




" O QUE ME DÁ MEDO NÃO SÃO OS GRITOS DOS MAUS E SIM O SILÊNCIO DOS BONS" 

M.L. KING
Fonte: http://luanavaz.blogspot.com/2009_10_01_archive.html
publicado por momentoskatia às 21:41
sinto-me:

 

Menina de 4 anos escreve carta para mãe desaparecida após tsunami

 

Querida mãe. Espero que você esteja viva. Você está bem?, diz mensagem. 

 

Usando caracteres "hiragana" que acabou de aprender, a menina Manami Kon escreve carta para a mãe ainda desaparecida após a tragédia de 11 de março de 2011 no Japão.

Fonte: http://www.portalms.com.br/noticias/detalhe.asp?cod=959607012

publicado por momentoskatia às 21:35
sinto-me:


Não se sabe quem respondeu, mas existe uma belíssima alma trabalhando no arquivo morto dos correios americanos.

Abbey, cadelinha de 14 anos morreu no mês passado. No dia seguinte a seu falecimento, a menininha de 4 anos, Meredith, chorava e comentava sobre a saudade que sentia de Abbey. Ela perguntou se poderia escrever uma carta para Deus ...para que, assim que Abbey chegasse ao céu, Deus a reconhecesse. Ela ditou as seguintes palavras:

"Querido Deus.

O Senhor poderia tomar conta da minha cadela? Ela morreu ontem e está ai no céu com o Senhor. Estou com muitas saudades dela. Fico feliz porque o Senhor deixou ela comigo mesmo que ela tenha ficado doente. Espero que o Senhor brinque com ela.Ela gosta de nadar e de jogar bola. Estou mandando uma foto dela para que assim que a veja, o Senhor saberá logo que é a minha cadela. Eu sinto muita saudade dela.Meredith"

Foi posto num envelope a carta com uma foto de Abbey com Meredith e endereçados: Deus,  Endereço: Céu. Também endereçou como remetente da família de Meredith. Então Meredith colou um monte de selos na frente do envelope, pois ela disse que precisaria de muitos selos para a carta chegar até o céu. Naquela tarde ela colocou a carta numa caixa do correio. Dias depois ela perguntou se Deus já tinha recebido a carta. Seus pais responderam que sim.

Ontem havia um pacote embalado num papel dourado na varanda da casa da garotinha, endereçado a Meredith numa caligrafia desconhecida. Dentro havia um livro escrito por Mr.. Rogers, intitulado "Quando um animal de estimação morre". Colada na capa interna do livro estava a carta de Meredith. Na outra página, estava a foto das duas com o seguinte bilhete:

Querida Meredith,

A Abbey chegou bem ao céu. A foto ajudou muito e eu a reconheci imediatamente.

Abbey não está mais doente. O espírito dela está aqui comigo assim como está no seu coração. Ela adorou ter sido seu animal de estimação. Como não precisamos de nossos corpos no céu, não tenho bolso para guardar a sua foto.. Assim, a estou devolvendo dentro do livro para você guardar como uma lembrança da Abbey. Obrigado por sua linda carta e agradeça a sua mãe por tê-la ajudado a escrevê-la e a enviá-la pra mim. Que mãe maravilhosa você tem!! Eu a escolhi especialmente pra você. Eu envio minhas bençãos todos os dias e lembro que amo muito vocês. A propósito, sou fácil de encontrar: estou em todos os lugares onde exista amor.

Com amor

Deus

publicado por momentoskatia às 21:27
sinto-me:

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
17

18
19
21
23
24

25
26
27
28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO