14
Fev 18

27973727_1688716237817912_7479570339986478287_n.jp


Ela perguntou: "Quanto você está vendendo os ovos?"
O velho vendedor respondeu: 0.50 €/ - um ovo, Senhora".
Ela disse: "Vou levar 6 ovos por 2.50€- ou vou embora".
O velho vendedor respondeu: "Venha levá-los ao preço que você deseja. Pode ser, este é um bom começo porque não consegui vender nem um único ovo hoje ".

Ela pegou os ovos e se afastou sentindo que ganhou. Ela entrou em seu carro elegante e foi a um restaurante elegante com sua amiga. Lá, ela e sua amiga, pediram o que quiseram . Elas comeram um pouco e deixaram muito do que pediram. Então ela foi pagar a conta. A conta custava 40€ / -. Ela deu 50€ / - e pediu ao proprietário do restaurante para ficar com o troco....

Este incidente pode ter parecido bastante normal ao proprietário, mas muito doloroso para o vendedor de ovos pobre...

A questão é: Por que sempre mostramos que temos o poder quando compramos dos necessitados? E por que ficamos generosos com aqueles que nem precisam de nossa generosidade?

Uma vez eu li em algum lugar:

"Meu pai costumava comprar bens simples de pessoas pobres a preços elevados, mesmo que ele não precisasse deles. Às vezes, ele costumava pagar mais por eles. Fiquei preocupado com este ato e perguntei-lhe por que ele faz isso? Então meu pai respondeu: "É uma caridade embrulhada com dignidade, meu filho".

 

Retirei do facebook - Arquimedes Pessoni

publicado por momentoskatia às 15:50

Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO