16
Jul 19

anjos10.jpg

Moshe Maimonides classifica os anjos na Bíblia sob as seguintes dez fileiras:

  1. Chayot HaKodesh (Santos seres viventes), um grupo de anjos mencionados em Ezequiel 1 e 10 como estando perto do trono e a carruagem de Deus. Eles têm quatro asas e quatro faces (homem, leão, boi e águia);
  2. Ophanim (Rodas), anjos associados com o trono de Deus e mencionados em Ezequiel 1:15–21 e Daniel 7:9 (e o livro de Enoque). Eles parecem rodas dentro de rodas e são cobertos com olhos;
  3. Erelim (Os valentes), anjos mencionados em Isaías. Na tradição mística judaica, eles são usados para ser unidos a momentos de tristeza, de morte ou destruição (Isaías 33:7);
  4. Chashmalim (Brilhantes), descritos em Ezequiel 1:4;
  5. Serafim (Anjos de fogo) que tem seis asas de anjos que Isaías 6:2–3 descreve como um coro masculino que canta: “Santo, Santo, Santo, Senhor Deus dos exércitos; o céu e a terra estão cheia de sua glória”. Em Isaías 6:6, um Serafim purifica os lábios do profeta Isaías com um carvão do altar;
  6. Malachim (Mensageiros), que Isaías descreve como trazendo conforto para as pessoas em sua angústia, e que o livro de Salmos promete que vão proteger o povo de Deus. De acordo com o misticismo judaico, Rafael leva essa classe dos anjos;
  7. Elohim (Seres piedosos) mencionados no Salmo 8:5;
  8. Benei Elohim (Filhos de Deus), anjos que se concentram em trazer glória a Deus. De acordo com o misticismo judaico, eles são liderados pelo Arcanjo Michael;
  9. Querubim (Aquele que está perto), anjos descritos por Ezequiel como tendo quatro faces, que entre outras coisas, guardam o jardim de Eden e o caminho para a árvore da vida com uma espada flamejante (Gn 3:24). De acordo com a Cabala, eles são liderados pelo Arcanjo Gabriel;
  10. Ishim (Guardiões), anjos descritos no livro de Daniel, como sendo o homem, como (Gn 18:2; Dn 10:5).

De acordo com o pensamento judeu, mesmo que todos eles têm um intelecto superior, alguns anjos entendem Deus e seus caminhos melhores do que outros. O ranking acima indica o grau de compreensão do anjo de Deus.

Uma oração litúrgica que povo judeu recita antes de ir dormir, reconhece e busca a proteção oferecida pelos quatro anjos específicos (chamados no Talmud como arcanjos) e pelo próprio Deus:

A minha direita Miguel e a minha esquerda Gabriel, Uriel na minha frente e atrás de mim, Raphael e sobre a minha cabeça Shekhinah de Deus [a presença de Deus].”

Na tradição judaica, Michael é o anjo da misericórdia; Gabriel, justiça; Raphael, cura; e Uriel, iluminação.

Fonte: http://shemaysrael.com/quem-sao-os-anjos/

publicado por momentoskatia às 20:47

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO