09
Set 21

1_A.jpeg

Se perdoe por não saber ontem o que você sabe hoje.

Se perdoe pelas vezes em que o seu melhor não foi o suficiente para conseguir o que você queria.

Se perdoe por ter se cobrado demais, se criticado demais, ter se tratado de uma forma que você não mereceria.

Se perdoe pelos seus erros, seus enganos, por não ter acertado sempre.

Se perdoe por não ser perfeito (a) como você gostaria.

Se perdoe por todas as vezes que quis ser outro alguém e rejeitou a beleza de ser quem você é.

Se perdoe pelas vezes que aceitou menos do que você merecia, pelos momentos que insistiu em alguém que não lhe deu amor, e por todas as vezes que pensou que isso de alguma forma fosse culpa sua.

Se perdoe pelo que não dependia só de você.

Se perdoe pelos seus dias ruins, pelos seus momentos frágeis, pelas vezes em que não deu conta de tudo. Ninguém consegue dar conta de tudo e você também precisa descansar.

Se perdoe, porque você precisa e merece.

O autoperdão é um abraço que a gente dá na própria alma, um remédio que cicatriza as feridas, uma força que rompe as barreiras do ego.

Por amor, se perdoe!
(Alexandro Gruber)

publicado por momentoskatia às 19:50

Setembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO